O que é Aluvião e Como Pode ser Explorado?

Você sabe o que é aluvião? O aluvião também conhecido por diamante ou ouro, seus depósitos se dão ao acúmulo de fragmentos como rocha e cascalhos.

De tamanho variados, em meios a fragmentos, lama ou areia. Comumente em leitos de rios ou em suas margens. O ouro ou diamante de aluvião em regra são muito retrabalhados, além de mudarem conforme o tempo, erosão fluvial. Quando o rio está com pouca água devido à seca, esses sedimentos costumam ficar visíveis, pois a água sendo fraca ou pouca não conseguem mover as pedras de aluvião.

O contrário também acontece, quando o rio está cheio aumentando a correnteza os sedimentos mudam de lugar. Quando o rio possui muitas curvas as pedras sedimentadas costumam ficar presas nas margens.

O ouro aluvial é encontrado principalmente em terras baixas em rios, riachos, desfiladeiros, leitos secos e em algumas praias. É esse tipo de ouro que geralmente é chamado de ouro aluvial. Pode estar presente em uma ampla variedade de formas: desde grandes amostras com material de matriz e pepitas até pequenos grãos e flocos de ouro.

O ouro de aluvião “úmido” é laminado como resultado da ação da água, cascalho, areia ou rocha. Em áreas áridas ou desérticas, as amostras de ouro podem apresentar algum “desgaste”, especialmente se encontradas em leitos de rios antigos.

O tema principal deste artigo do Plataforma Brasil, e se você é novo em mineração e prospecção, preste atenção especial não só sobre o que é aluvião, mas também às possibilidades de sua recuperação, que cada um de nós possui, independentemente da experiência.

Nesse sentido, está em fase de transformação em aluvionar e se desenvolve no momento da transição de depósito primário para rio, riacho, etc., que já mencionei.

Basicamente, o ouro aluvião é muito grosso e quase sempre contém material de matriz de rocha sólida. Observe que digo “quase sempre”. Em alguns casos, há pouco ou nenhum material de matriz, mas esse aluvião é sempre grosso e não pode ser transferido por água.

O ouro aluvião se move principalmente como resultado da gravidade, mas não apenas, muitas vezes, água da chuva, fluxos de lama, etc. agem como “transporte”. Como seu “primo” – ouro de placer, o aluvião pode ser frequentemente encontrado em grandes bolsões, veios ricos ou em vastos terrenos nas encostas, espalhados como sementes carregadas pelo vento.

Zona de aluvião

Zonas aluviais, às vezes chamadas de zonas ribeirinhas, são as áreas com vegetação que correm ao longo dos cursos de água. Entradas de rio e lagoas isoladas alternam com ilhotas de areia, margens de cascalho, grama alta, arbustos densos e florestas.

As inundações moldam permanentemente essas paisagens: certos habitats são destruídos em seu caminho, mas renascem em outro lugar.

O que é aluvião e onde pode ser encontrado?

Na verdade, todos os garimpeiros trabalham de acordo com o mesmo método de rotina, tanto em aplicadores “secos” quanto “úmidos”.

Os ricos depósitos de minério sempre foram populares, sem mencionar o fato de que são ativamente desenvolvidos. Mesmo que você consiga chegar a um local de mineração comercial, sua própria natureza e escala praticamente eliminam a possibilidade de encontrar um depósito aluvião.

A mineração em grande escala tem uma grande quantidade de detritos de metal espalhados. Para não perder ouro, você terá que reagir a milhares de sinais.

Além disso, e qualquer garimpeiro que trabalhe com o detector irá confirmar isso, o uso de um discriminador interfere na busca por ouro fino.

Uma preparação cuidadosa ajuda muito, na procura de depósitos de aluvião, inclusive, embora neste caso possa não ajudar.

Repito, nem todos os depósitos de minério estão associados a uma grande quantidade de ouro aluvial, em outros está ausente, é muito difícil chegar até ele.

O que é aluvião no início da mineração?

A mineração aluvial é tecnicamente mais simples do que a mineração de rocha dura, portanto, a mineração aluvial dominou a história da mineração de ouro.

O ouro aluvial ocorre como partículas soltas no cascalho e, portanto, é fácil de separar devido à alta densidade do ouro. Muitas das primeiras minas aluviais eram extremamente ricas, mas a maioria dos cascalho tinha no máximo algumas gramas de ouro por tonelada.

Uma grande variedade de técnicas foi tentada ao longo do tempo, mas todas as técnicas se concentram na lavagem com água do cascalho que contém ouro de alguma forma.

Os primeiros mineiros perderam pelo menos metade de seu ouro no processo, especialmente os grãos menores, por causa da ineficiência do equipamento e da falta de habilidade.

A presença de magnetita (“areia preta”) tinha um valor considerável de incômodo e contribuiu para uma eficiência ainda menor.

Muitos dos cascalhos trabalhados anteriormente foram retrabalhados com sucesso sempre que os preços do ouro encorajaram isso.

A falta de água era um problema constante para os mineiros, porque todas as minas aluviais exigiam grandes quantidades de água para o processamento dos cascalhos.

No entanto, muitos dos depósitos de cascalho mais altos, ou aqueles em áreas acidentadas e remotas, nunca foram trabalhados por causa da falta de água.

O advento de bombas motorizadas baratas e portáteis tornou algumas dessas áreas mais prospectivas. Salvar pequenas partículas de ouro em minas de ouro aluvial continua sendo um problema até os dias de hoje, e uma solução para esse problema que poderia tornar alguns depósitos marginais econômicos.

Quando o cascalho contém menos de 1 grama de ouro por tonelada de cascalho, qualquer perda de ouro é observada economicamente.

À medida que os antigos depósitos de cascalho foram levantados pelas montanhas, eles foram erodidos e seu ouro foi retrabalhado através do solo em riachos e em depósitos de cascalho mais jovens.

Durante esse retrabalho, parte do ouro é dissolvido na água e transportado por curtas distâncias (metros) para ser depositado em outras partículas de ouro.

Isso resulta em um número menor de partículas maiores em cascalhos mais jovens, e algumas pequenas pepitas se formam dessa maneira.

Esses cascalhos mais jovens eram mais fáceis de minerar com lucro e alguns ainda estão sendo trabalhados em pequenas operações. Gostou de saber sobre o que é aluvião? Espero que sim. Até a próxima!

Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Mineração Brasil, um site especializado em mineração para você atento sobre o assunto.

Leia mais: O que estudar para o concurso do IBGE?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *