O que é Nióbio e Por Que Explorá-lo?

Você sabe o que é Nióbio? É um elemento pertencente ao quinto grupo da tabela periódica, o número atômico é 41. A fórmula do nióbio é o Nb 4d45sl.

Descoberto em 1801 originalmente chamado de “Columbia”, em homenagem ao nome do rio em que foi descoberto. Mais tarde renomeado.

Nióbio – branco metálico e tonalidade de aço, tem plasticidade, rola facilmente em folhas. A estrutura do nióbio lhe dá certas características.

Há uma leitura de um grande regime de temperatura durante o derretimento e o ponto de ebulição do metal. A supercondutividade se manifesta apenas em altas temperaturas. Para oxidação, o metal requer uma temperatura mínima de cerca de 300 ºC ou superior. Isso produz um óxido de niobio específico Nb2O5.

Quanto maior a temperatura, mais intensamente o hidrogênio é absorvido, tornando o nióbio mais frágil, quando a marca de controle de 600º C é atingida, o isolamento reverso começa a ocorrer, e o metal restaura os indicadores perdidos.

O que é nióbio? Este elemento é resistente a quase todos os ácidos conhecidos, exceto ácido hidrópico, e especialmente sua mistura com ácido nítrico. O metal é exposto a álcalis, especialmente os quentes. Quando dissolvido neles, o processo de oxidação ocorre, e o ácido nióbico é formado. Conheça mais curiosidades sobre esse metal.

O que é nióbio – Mineração e origem

Na maioria das vezes, em um depósito, há nióbio e titânio devido às suas propriedades químicas próximas, que permitem que eles estejam no mesmo mineral, e participem de processos comuns.

Os depósitos de nióbio estão disponíveis no Brasil, Austrália, Canadá, Congo, Nigéria e Ruanda. A produção de nióbio é um processo bastante complexo, tendo três estágios principais.

Para começar, o concentrado é aberto, então nióbio e titânio são separados em compostos puros. A etapa final são os processos de recuperação e refinação do metal.

Dos métodos mais comuns podem ser observados – métodos carbotérmicos, alumínio térmicos e sódio.

Por exemplo, misturar óxido de nióbio e fuligem a altas temperaturas em um meio de hidrogênio produzem carboneto, depois misturando carbonato e óxido de nióbio nas mesmas temperaturas, mas já em um vácuo completo obter um metal do qual várias ligas de nióbio são mais fundidas.

O que é nióbio e por que se deve explorar?

Devido às suas propriedades únicas, o nióbio é usado em muitas áreas da indústria. As ligas de nióbio têm propriedades refratárias, resistência ao calor, supercondutividade e anticorrosão.

Além disso, é bastante fácil de processar e soldar. É amplamente utilizado em tecnologias espaciais e de aviação, engenharia de rádio e eletricidade, indústria química e energia nuclear.

Retificadores elétricos e capacitores eletrolíticos também contêm uma certa quantidade deste metal. Seu uso nesses dispositivos deve-se ao seu rendimento, características e propriedades oxidativas.

Capacitores que incluem este metal em sua composição, com dimensões relativamente pequenas, têm uma alta resistência. Todos os elementos dos capacitores são feitos de papel alumínio especial. É pressionado a partir de pó de nióbio.

Resistência a diversos ácidos, alta condutividade térmica e maleabilidade da estrutura, determinam sua popularidade em química e metalurgia, na criação de diversos dispositivos e desenhos.

A combinação de propriedades positivas deste importante metal está em demanda mesmo em energia nuclear. Saber o que é nióbio é muito importante, uma vez que ele pode ajudar a economia do Brasil.

Devido ao fraco efeito do nióbio com urânio industrial, a temperaturas relativamente baixas (900 º C), o metal é adequado para criar uma camada protetora em reatores nucleares.

O nióbio prolonga significativamente a vida útil dos elementos de urânio, criando um óxido protetor em sua superfície, a partir dos efeitos nocivos do vapor de água.

Para melhorar as propriedades resistentes ao calor de algumas alusões, é possível por meio de ação de ligação com nióbio. As alusões de nióbio também se provaram muito bem.

Na composição de algumas ligas para processamento de aço há carboneto de nióbio, que melhora as propriedades da liga.

Um aumento relativamente pequeno do nióbio em aço inoxidável melhora suas propriedades anti corrosão e melhora a qualidade das soldas resultantes. Muitos aços de ferramentas também têm uma mistura de nióbio.

Como uma catálise, seus diversos compostos estão envolvidos nos processos de síntese orgânica artificial.

A principal forma de venda no mercado mundial é o nióbio em lingotes, mas outras formas de armazenamento são bastante possíveis.

Lingotes de nióbio

As propriedades químicas do nióbio e do titânio também estão muito próximas. Os metais são altamente resistentes a temperaturas negativas e ambientes mais agressivos.

Por exemplo, uma oxidação perceptível de Nb no ar é observada apenas quando a substância é aquecida acima de 200 0C.

Além disso, o metal é resistente a soluções aquosas de amônia. A propriedade única do elemento para formar uma película de óxido dielétrico na composição de eletrólitos ácidos encontrou aplicação na fabricação de capacitores de alta capacidade em miniatura, onde o elemento substitui o titânio mais caro.

Produção de nióbio

Apesar de as reservas de minérios contendo NB serem superiores aos análogos para o titânio, as primeiras são caracterizadas por um conteúdo muito ruim do elemento.

Como regra geral, os concentrados contêm pentóxido de nióbio – Nb2O5, a entrada percentual da qual é determinada pelo tipo de minério.

Normalmente, o minério de nióbio passa por um ciclo de redução térmica envolvendo alumínio ou silício. O nióbio metálico é extraído de matérias-primas similares, mas a tecnologia em si é mais complexa.

Produtos de nióbio

A gama de produtos, assim como as formas do metal produzido, são bastante diversas. A popularidade do elemento aplicação do nióbio e produção dele, devido às seguintes propriedades do elemento:

  • resistência a diferentes tipos de corrosão;
  • baixa eficiência da colisão com nêutrons;
  • formação de alusões com qualidades resistentes ao calor e supercondutoras;
  • manter a operabilidade a temperaturas negativas;

Ânodos de nióbio

Entre as indústrias que operam o metal, é necessário alocar equipamentos para aviação e astronáutica, onde partes de aeronaves e mísseis são produzidos com base na NB. Além disso, o nióbio é demandado pela engenharia de rádio.

Para fazer conchas para elementos de combustível de urânio e plutônio, nióbio e suas alusões também são usados em energia nuclear. Recipientes, tubos para transporte de metais líquidos são feitos de conexão.

Que bom que você chegou até aqui e já sabe o que é nióbio, espero que tenha gostado do conteúdo. Até a próxima!

Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Click Petróleo e Gás, um site especializado em notícias diárias para te manter informado sobre o que ocorre no mundo da tecnologia, mineração, energia, etc.

Leia mais: O que é energia hidrelétrica?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *