Uma Planilha de Controle de Gastos Mensais pode mudar sua vida financeira de uma vez por todas, ajudando a economizar seu dinheiro e liberando uma renda extra.

Hoje, explicaremos como funciona, o que é e também traremos alguns exemplos de métodos que lhe ajudam a controlar seu dinheiro com maior eficácia.

Planilhas como essas podem lhe ajudar a guardar mais dinheiro em longo prazo, além de facilitar o pagamento de dívidas, independentemente do valor que possuam.

Leia conosco no Plataforma Brasil e conheça tudo sobre uma boa Planilha de Controle de Gastos Mensais.

O que é uma Planilha de Controle de Gastos Mensais?

Mas afinal, do que se trata uma planilha de controle de gastos mensais? Você já viu alguma em sua vida? Acho que deveria começar a pesquisar.

Estamos falando de uma planilha onde você coloca cada um de seus gastos, buscando ter maior controle de para onde vai e para onde entra seu dinheiro conforme os dias passam.

Dessa forma, consegue enxergar de maneira mais clara onde está gastando demais e onde está gastando de menos.

Aqui em nosso blog já trouxemos outra publicação onde falamos mais sobre a Planilha de Controle de Gastos, vale a pena conferir.

Como funciona uma Planilha de Controle de Gastos Mensais?

Como funciona uma Planilha de Controle de Gastos Mensais
Como funciona uma Planilha de Controle de Gastos Mensais

E como funciona esse tipo de planilha? Ela já vem pronta ou existem tipos que podemos copiar e utilizar em nosso cotidiano?

Conforme mencionamos, trata-se de uma planilha, então o método mais comum de montá-la é usando o Microsoft Excel, simples e fácil de ser usado diariamente por você.

O programa possui várias funções e comandos que podemos utilizar, desde somas, subtrações, divisões e projeções de acordo com os números e comandos que usar.

Além disso, essa planilha pode ser totalmente personalizada de acordo com seus gastos mensais e necessidades básicas.

Existem sim modelos prontos e métodos que podemos seguir, os quais já mencionamos na outra publicação que citamos um pouco mais acima. Hoje também falaremos sobre esses métodos um pouquinho mais no final do conteúdo.

Planilha de Gastos Mensais para Endividados

Mas, e você sabe qual é a importância de uma planilha de controle de gastos mensais para endividados? Caso esteja com o nome sujo, saiba que ela pode mudar a sua vida.

Isso porque com a organização financeira correta é possível pagar suas contas gradativamente, e assim sair do SPC, Serasa e limpar seu nome.

Sabemos do que estamos falando, afinal, aqui em nosso blog já trouxemos diversas dicas pra pessoas com o nome sujo.

Portanto, dê uma lida em nossos outros conteúdos, como cartão de crédito e empréstimo pessoal para endividados.

Leia Mais: O que Faz Gestão Financeira?

O fato é que quando você organiza seus gastos, sobra mais dinheiro, e assim é possível acertar suas dívidas.

Guarde dinheiro para si, controle seus gastos essenciais e de lazer e limpe seu nome o quanto antes, crie uma planilha pro seu mês e comece a usá-la!

Métodos de Planilha de Controle de Gastos Mensais

Lembra-se de quando falaríamos sobre os métodos de planilhas existentes? Chegamos ao tópico principal.

Abaixo, vamos deixar especificados 3 métodos interessantes onde você separa a sua renda conforme seus gastos mensais, incluindo lazer, gastos essenciais e investimentos futuros.

As informações são baseadas em porcentagem e podem mudar de acordo com a sua necessidade. Leia:

Método 60-10-10-20

Baseado em 4 formas de separar o seu dinheiro. São elas:

  • Gastos essenciais (luz, água e aluguel): 60% de sua renda;
  • Objetivos de curto prazo (comprar seu guarda-roupa ou computador dos sonhos): 10%;
  • Objetivos de longo prazo (investimentos em rendas fixa ou variável, etc.): 10%.
  • Gastos com lazer (pizza, xis, cinema ou até mesmo a Netflix): 20%.

Método 50-30-20

Já no método 50-30-20 as coisas mudam.

O dinheiro gasto de forma essencial é diminuído e dá lugar ao lazer e aos investimentos.

Veja:

  • Gastos essenciais: 50% de sua renda;
  • Gastos com lazer: 30%;
  • Objetivos de curto e longo prazo (investimentos): 20%.

Essa planilha é indicada para pessoas mais jovens e que possuem um número menor de gastos essenciais.

Método 50-15-35

Essa planilha é indicada pra jovens que querem uma boa quantia de dinheiro no futuro, ou adultos que buscam investir pesado em sua aposentadoria.

Ela é caracterizada por 50% em gastos essenciais e 15% em lazer, com viagens, cinema e pizzas, por exemplo.

Veja como ficam os 35% restantes:

  • Gastos essenciais: 50% de sua renda;
  • Gastos com lazer: 15%;

Objetivos de curto e longo prazo (investimentos): 30%.

Entendeu sobre a importância da organização financeira proporcionada por uma simples planilha. Escolha seu método e comece a ter maior controle financeiro o quanto antes!