Carro Autônomo – O que é, como funciona e 4 benefícios!

O carro autônomo, que se move sozinho e nos leva para onde desejarmos, é uma realidade cada vez mais próxima. Há muitos anos os vemos no cinema e é possível que, em pouco tempo, seja algo comum em nossas ruas. Você sabe qual é a história do carro autônomo? Como funcionam ou quais as vantagens que apresentam?

É isso que vamos falar no conteúdo de hoje, então caso queira saber tudo sobre o funcionamento de um carro autônomo, convidamos você a nos acompanhar nessa leitura super interessante. Vamos lá!

O que é um carro autônomo?

O que é um carro autônomo?
O que é um carro autônomo?

Um veículo autônomo é aquele que não precisa do controle de motoristas humanos para dirigir com segurança. De carros a caminhões autônomos, o veículo autônomo ainda está em seus estágios iniciais, mas deve revolucionar o transporte de pessoas e mercadorias.

Como funciona um carro autônomo?

Por não terem um piloto humano que use os olhos, os braços ou as pernas para operar o veículo, os carros autônomos contam com sensores de todos os tipos. Por exemplo, os carros autônomos do Uber usam 64 lasers junto com outros sensores, enquanto os protótipos do Google usam de tudo: lasers, radar, sonar (como navios) e câmeras de alta potência.

Embora cada carro autônomo os utilize de forma diferente, a essência é que todos construam um mapa de situação, em tempo real e em 360 graus.

A partir daí, levando em consideração o destino, as regras da estrada e o que está acontecendo ao seu redor, eles tomam a melhor decisão possível para dirigir com segurança. Essa tarefa é o processador do carro (como o de um computador) que analisa as informações e gerencia os atuadores, que controlam o volante, os freios, o acelerador, etc.

Por meio de algoritmos, modelos preditivos ou inteligência artificial, o carro autônomo é capaz de dirigir, reagir e aprender em seu ambiente. Com o avanço de outras tecnologias, como o 5G, veremos carros autônomos permanentemente conectados e trocando informações entre eles. Isso permite descobrir velocidades ideais, clima, engarrafamentos na rota, etc.

Já existem carros 100% autônomos?

Em laboratórios de pesquisa, sim. Porém, mesmo nos Estados Unidos, que é o país mais avançado no assunto, ainda existem carros 100% autônomos que estão legalizados para circular nas vias públicas. Os pesquisadores normalmente classificam os carros autônomos em níveis que variam de 0 a 5.

O nível 0 é um carro tradicional, que sempre deve ser dirigido por um motorista humano. Um carro de nível 5 é 100% capaz de se dirigir sozinho em qualquer situação. Um nível 1 seria um carro capaz de controlar automaticamente um serviço por vez, como um freio, um nível 2 permitiria várias funções simultâneas, etc.

Assim, vemos carros autônomos capazes, por exemplo, de estacionar sozinhos. No entanto, essa busca e estacionamento automáticos geralmente só são possíveis em situações muito ideais.

Quando surgiu o primeiro carro autônomo?

As primeiras tentativas foram vistas na década de 1920, mas na verdade eram carros controlados por rádio. Embora eles pudessem se mover sem a intervenção de quem estava no veículo, outro humano teve que dirigi-lo à distância.

As décadas seguintes viram protótipos curiosos, mas com sistemas muito difíceis de aplicar. Carros que dependiam de circuitos de beira de estrada ou cabos tipo bonde semearam as sementes de hoje.

Em 2005, os primeiros sucessos reais foram vistos, embora limitados. Os militares americanos propuseram desafios para os veículos sem motorista percorrerem uma rota e evitarem obstáculos e, finalmente, começaram a ver alguns que conseguiram.

Como o carro autônomo mudará a maneira como vivemos e dirigimos?

Como os carros autônomos mudarão nosso modo de viver?
Como os carros autônomos mudarão nosso modo de viver?

O carro autônomo tem muitas promessas. Seus proponentes afirmam que isso mudará nossas cidades, a forma como usamos o carro e todo o nosso dia a dia. Algumas dessas mudanças são:

1. Cidades sem engarrafamentos ou problemas de estacionamento

O carro elétrico autônomo se tornará um serviço e não algo que você possui. Frotas de carros automatizados circularão pela cidade e você irá buscá-los e deixá-los quando quiser. Você não terá que procurar estacionamento, porque o carro pegará outra pessoa que ligar. Ou, se for seu próprio carro, ele estacionará ou voltará para casa e voltará para buscá-lo na hora que você disser.

Isso vai reduzir os congestionamentos, por ter menos carros em circulação e eles são coordenados para escolher o melhor trajeto e evitar congestionamentos.

2. Cidades mais limpas

Sendo elétricos, as emissões para a atmosfera serão zero. Além disso, a poluição sonora também diminuirá.

3. Menos acidentes

Os defensores do carro autônomo afirmam que um veículo coleta muito mais dados em 360 graus (impossível para um motorista humano) e seu processador tem tempos de reação melhores do que um humano.

Da mesma forma, um carro autônomo nunca andará sob a influência de álcool ou drogas, acabando com acidentes desse tipo.

4. Melhor logística de transporte de carga

Um veículo autônomo não se cansa e não precisa fazer paradas, exceto para reabastecimento. Isso mudará completamente o transporte rodoviário, que também pode ser melhor coordenado.

Como podemos ver, o veículo autônomo guarda promessas importantes que vão mudar tudo. Será assim? Podemos ver isso mais cedo do que pensamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *